Bastidores das gravações

O Trilhando a História repetiu a dose, uma promessa nossa foi cumprida, estamos falando de uma segunda Expedição a Machu Picchu para a gravação de novos programas. O que na realidade deveria ser a gravação de seis programas, acabou resultando em nove no total, um recorde para apenas 7 dias de trabalho intenso no país vizinho Peru. A equipe do Trilhando viajou em 7 de janeiro de 2010 para o Peru pela rodovia do Pacífico, indo até Puerto Maldonado, cidade considerada a capital da Amazônia pelos peruanos, depois os aventureiros seguiram de avião até a capital do Império Inca Cusco, considerada o umbigo do mundo. O momento de maior felicidade da equipe esse ano, foi claro a visita em Machu Picchu e a maior surpresa a ida ao tão famoso Lago Titikaka, o maior lago do mundo na altitude de 3.000 metros. Segundo a pauta do Trilhando deveria ser apenas um programa a ser gravado no lugar, não restava dúvida após a estada no lago, que um programa não seria suficiente, principalmente pelas belas paisagens e riqueza cultural, por isso, foram gravados. A maior parte do Lago Titikaka, cerca de 60% fica do lado peruano na cidade de Puno, nele existe cerca de 70 ilhas com povoados que vivem a moda antiga, com vestuários antigos e tradicionais, comidas típicas, costumes preservados e claro paisagens de filme. A equipe se encantou com a população da Ilha de Amantaní, tanto que resolveu dormir no pequeno povoado, para melhor captar a cultura,a história e os costumes da população. O difícil segundo o reporte cinematográfico Reinaldo Caverna foi à alimentação, bem diferente da culinária brasileira. Já para mim, foi o frio que na ilha chegou a 10 graus abaixo de zero.A nova série de programas no Peru vai ao ar a partir de março na Rede TV Rondônia, canal 17, ao meio dia no programa Fala Rondônia apresentado pelo jornalista Domingues Júnior, e em horários alternativos no canal 25. Aleks Palitot