Aleks Palitot apresenta projeto para bueiros inteligentes

Custo de produção e instalação de equipamento pode reduzir despesas do município no segmento em até 40%

Uma ideia baseada em experiências de êxito de grandes centros do sul e sudeste do país, o bueiro inteligente, apresentado em Rondônia pelo Professor Aleks Palitot é uma alternativa ecológica para um rotineiro problema da capital no período de inverno amazônico, o alagamento das principais vias da cidade devido ao acumulo de lixo nos bueiros.

De acordo com o vereador, há uma incidência de alagações das galerias, nas principais ruas e alamedas do centro da cidade, o que acaba onerando tanto o poder público como os próprios munícipes que tem problemas com os carros estacionados nos dias de trabalho e ao retornarem os encontram alagados.

“Essa proposta já foi aplicada nas cidades de Itapema e Blumenau, em Santa Catarina. É uma iniciativa que partiu de comerciantes e da população e nós mandamos para a prefeitura essa sugestão. Fizemos um protótipo de ferro com 1,20 cm de altura, 29 cm de diâmetro e 80 cm de cumprimento, que foi aplicado na Rua Henrique Dias”.

Funcionalidade

”O aparato evita que objetos como garrafas pet, plásticos em geral, latinhas de refrigerantes e demais tipos de lixo se acumulem nas chamadas boca de lobo, que acabam por entupir estas saídas, resultando em alagações de ruas e avenidas em diversos pontos da cidade”, explica o vereador.

Os comerciantes e empresários se comprometeram em contribuir dando manutenção ao equipamento, retirando lixo da grade. O tempo e recurso que a prefeitura perde limpando estes bueiros e galerias poderia ser investido em outras áreas periféricas da capital.

Com a utilização deste equipamento sugerido pelo professor, o município poderá ter uma redução de até 40% no orçamento destinado para a manutenção da rede de esgoto segundo os dados apresentados nas cidades que já adotaram o modelo.

Ecologia

“Iniciativas como esta são de fundamental importância. Estamos no centro da capital, se trata de um cartão visita de quem vem ao centro. Ter essa prevenção para que o lixo e entulho tapem o esgoto e imprescindível. Falta conscientização da população para que não joguem lixo no chão porque acarreta uma série de problemas posteriores”, ressalta a empreendedora Cris Flores.

“Quero ainda parabenizar o Professor Aleks Palitot, por estar pensando antes que aconteça, essa parte de poluição na cidade, se cada um cumprir a sua parte viveremos em uma cidade bem melhor”, afirma a empresária do centro da cidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.