ESTRADA DE FERRO: Convênio poderá garantir revitalização

“Não deve haver politicagem e nem exibicionismo, o principal beneficiado deve ser a EFMM e a população de Porto Velho”, afirmou Palitot

O vereador Professor Aleks Palitot intermediou na tarde desta quarta-feira (29) uma reunião para proposta de parceria entre a 17ª Brigada de Infantaria de Selva, a Fundação Cultural de Porto Velho (Funcultural) e a Associação dos Ferroviários da Estrada de Ferro Madeira Mamoré (ASFEMM) para limpeza e manutenção do pátio e revitalização dos trilhos existentes no complexo turístico da Praça.

De acordo com o vereador, durante as comemorações do aniversário da cidade em 2016 ficou muito clara a percepção do quanto a população portovelhense gosta e se identifica com o espaço. “Foram mais de 40 mil pessoas presentes ao evento, segundo dados do Corpo de Bombeiros e hoje temos instituições e pessoas comprometidas, querendo trabalhar pela revitalização de nosso patrimônio”, assegurou Palitot.

Segundo o vereador, o exército sempre esteve presente na história da EFMM e agora com a proposta de tornar o local mais convidativo para a população, nada mais coerente do que trazer para perto quem também é parte desse processo.

Legado

Além de Rondon ser um herói nacional ele é um herói para o exército e o estado recebeu esse nome para homenageá-lo, o único que homenageia um militar. Temos ainda o memorial Jorge Teixeira que era outro militar, através disso vemos o exército presente na história do Estado. No que nos compete faremos essa parceria”, declarou o Comandante, General Leal.

“Desde sua posse até o momento o prefeito Hildon Chaves vem se mostrando sensível ao nosso maior patrimônio que é a EFMM. Estamos trabalhando pela sua restauração e o projeto deverá ser apresentado nos próximos dias, sendo aprovado será assinada já a ordem de serviço e em janeiro iniciaremos as obras”, afirmou o Presidente da Funcultural Antônio Ocampo.

Com 64 anos dedicados a Madeira Mamoré, José Bispo, ex-ferroviário, conta do zelo que sente pelo Estrada de Ferro. “Meu propósito e ver a locomotiva funcionar daqui a Santo Antônio. Já falei para o secretário, já falei para o prefeito e agora falo pro senhor. Nós estamos trabalhando para arrumar primeiro até o quilometro um, já restauramos a litorina, a caramazon, os velocípedes e restaurando os trilhos da parte dois do complexo poderemos oferecer mais atrativos pra população”, Conta o presidente da Associação dos Ferroviários que estava acompanhado de seu Moises, um dos maquinistas.

Será realizado a vistoria do local para a limpeza do pátio dois do complexo turístico da Estrada de Ferro Madeira Mamoré. Uma reunião com representantes do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) será agendada pelo vereador e tendo os órgãos responsáveis consentido terá início a limpeza da área que ainda abriga resquícios da cheia de 2014.