GEOLOGIA: Evento discute monitoramento de áreas em Rondônia

Informações divulgadas podem prevenir e auxiliar na preparação para enfrentamento de situações naturais adversas

 

Convidado para participar da cerimônia de divulgação dos resultados obtidos no estudo de reconhecimento das áreas de alto e muito alto risco a movimentos de massa e enchente do Serviço Geológico do Brasil (CPRM) o vereador Professor Aleks Palitot ressaltou a importância das informações para o desenvolvimento da Amazônia.

O encontro realizado na manhã desta segunda-feira (27), no auditório do Sindicato das Industrias de Construção Civil (Sinduscon) contou com a participação de diversas autoridades que no primeiro momento compuseram a mesa para a abertura da solenidade e posteriormente ouviram os resultados da ação emergencial que percorreu 35 municípios do Estado.

Implicações

De acordo com o estudo realizado por pesquisadores da residência de Porto Velho, somente na capital foram identificados 36 áreas de alto risco somando 4.300 casas e cerca de 17 mil pessoas em localidades que podem ser atingidas por inundações.

A identificação destes pontos auxilia na delimitação, classificação e setorização dos riscos geológicos sujeitos a movimentos de massa como enchentes, enxurradas e deslizamentos, reduzindo o tempo de resposta das autoridades em uma eventual necessidade.

No mês de julho o vereador percorreu o baixo Madeira e constatou alguns fenômenos que refletem na economia do município como o assoreamento do rio e fenômeno de terra caída, o desbarrancamento em alguns trechos da margem do rio que o preocuparam.

De acordo com o vereador “A CPRM é uma instituições mais importantes em nível de Brasil principalmente para a Amazônia sempre tão observada interna e externa por causa de suas riquezas, mas que através de pesquisas gera um conhecimento mais técnico e cientifico sobre a região”.

Estiveram presentes também ao evento o Deputado Federal Nilton Capixaba, Gisele Cunha Procuradora Federal, Francisco de Sales Secretário da Sedam, Júlio Cunha Chefe da residência da CPRM de Porto Velho, Thales Sampaio representante do Diretor de Hidrologia e Gestão Territorial da CPRM, Helena Bezerra Superintendente Estadual de Gestão de Pessoas e Capitão Arthur da Defesa Civil Estadual.