Edifício Monte LÍbano

Edifício Monte LÍbano

História do Edifício Monte Líbano Foi a primeira construção totalmente em alvenaria feita em Porto Velho pelos anos de 1915 e 1917. Edificado pelo Libanês Jorge Bichara que concluiu em 1950. Trabalhou na construção o mestre de Obras Simplício José, maranhense que chegou a Santo Antônio em 1901 onde prestou serviços às empresas Suares & Hermanos e a May, Jackyll e Randolph. O prédio têm três pavimentos e no passado várias empresas ocuparam o local: Caixa de Aposentadoria e Pensões dos Ferroviários, INPS, Comércio Abidão Continue lendo

(Sem título)

(Sem título)

História do Bairro Caiary O problema residencial nas décadas de 30 e 40 do século passado, em Porto Velho, era latente. O Diretor da E.F. Madeira Mamoré, Aluízio Pinheiro Ferreira, conseguiu a liberação de recursos financeiros junto ao Ministério de Viação e Obras Públicas, visando solucionar o problema. A construção das residências ocorreu na década de 40, situam-se nas Ruas Duque de Caxias e Santos Dumont, Avenida Presidente Dutra, Farqhuar, Carlos Gomes e Rogério Weber. Essas casas eram destinadas aos funcionários graduados da ferrovia, eram Continue lendo

Bastidores das gravações

O Trilhando a História repetiu a dose, uma promessa nossa foi cumprida, estamos falando de uma segunda Expedição a Machu Picchu para a gravação de novos programas. O que na realidade deveria ser a gravação de seis programas, acabou resultando em nove no total, um recorde para apenas 7 dias de trabalho intenso no país vizinho Peru. A equipe do Trilhando viajou em 7 de janeiro de 2010 para o Peru pela rodovia do Pacífico, indo até Puerto Maldonado, cidade considerada a capital da Amazônia Continue lendo

Projetos Integrados de Colonização de Rondônia

O processo de ocupação humana de Rondônia ligado ao Ciclo da Agricultura, foi executado pelo INCRA, inicialmente, através dos Projetos Integrados de Colonização, PIC, e dos Projetos de Assentamento Dirigido, PAD, estrategicamente criados para cumprir a política destinada à ocupação da Amazônia rondoniense. Nesse contexto, o governo federal implantou o primeiro Projeto Integrado de Colonização no Território Federal de Rondônia: O PIC Ouro Preto, em 19 de junho de 1970. Esse projeto constituiu-se no principal responsável pelo surgimento de Ouro Preto d’Oeste como núcleo habitacional, Continue lendo

História de Guajará Mirim

História de Guajará Mirim

História de Guajará Mirim Até os anos finais do século XIX, Guajará Mirim constituía-se apenas de alguns seringais, sem nenhuma povoação que chamasse a atenção. Com a construção da Ferrovia Madeira-Mamoré teve inicio a formação de um núcleo urbano a partir do ponto final da estrada de ferro. O nome Guajará Mirim em dialeto indígena local significa “Cachoeira Pequena”. A região tinha seus seringais explorados pela Guaporé Rubber Company, então gerenciada pelo Coronel Paulo Saldanha. Dentre os principais seringais locais destacavam-se o Rodrigues Alves, Santa Continue lendo

Bastidores da Expedição Vila Bela – Mato Grosso

As cidades de Ouro Preto do Oeste (RO) e Vila Bela da Santíssima Trindade (MT) ficaram pequenas para as aventuras dos alunos do Segundo Ano do Ensino Médio das Unidades I e II do Colégio Objetivo. A expedição Vila Bela, é a penúltima de uma série de três viagens que tem sua ultima parada na cidade de Costa Marques. O primeiro destino da galerinha foi o Coimbra Park na cidade de Ouro Preto do Oeste, onde tiveram contato com alguns animais silvestres e aproveitaram para Continue lendo

Bastidores da Expedição Guaporé

Os alunos do Ensino Médio do Colégio Objetivo participaram do Projeto Pedagógico ´´Expedição Guaporé“, de 2 à 6 de setembro de 2009, pelo interior do Estado de Rondônia, com objetivo de fazer com que os alunos adquirissem conhecimentos históricos, geográficos e ambientais do Vale do Guaporé, estabelecendo relações entre o espaço físico e dificuldade que os primeiros desbravadores encontraram em Rondônia.

(Sem título)

(Sem título)

História do Mercado Municipal ( Mercado Cultural ) A origem da construção do Mercado Público coincide com a instalação do Município de Porto Velho, no dia 24 de janeiro de 1915, Major Fernando Guapindaia, resolveu criar o Mercado para resolver o abastecimento de carnes verdes. A primeira parte da edificação foi construída pelo português Pedro Renda. A obra ficou paralisada durante 15 anos e foi concluída apenas em 1950, quando Ruy Catanhede era Prefeito de Porto Velho. A concepção arquitetônica do prédio lembrava o estilo Continue lendo

(Sem título)

Vídeo dos bastidores da Expedição Madeira Mamoré em 2007, com o Colégio Objetivo. Esse é um dos vídeos que deu origem ao Trilhando a História. Uma corrida de carros de controle remoto na Serra dos Pakaas.

(Sem título)

(Sem título)

Colégio Salesiano ( Seminário Maior João XXIII) Seminário Maior João XXIII antigo Colégio Dom Bosco é uma edificação das mais antigas de Porto Velho. A pedra fundamental foi lançada em 7 de julho de 1935, a construção ficou sob o comando do português Pedro Renda . O prédio foi construído para atender a congregação salesiana que visava a constituição de um colégio internato e semi-internato, foi reconhecido como Ginásio Dom Bosco pelo governo federal em 1945.