Trilhando a História em Abunã

Trilhando a História em Abunã

menos de 1 minuto Aleks Palitot e Reinaldo Caverna No dia 13 de agosto (sexta-feira) os aventureiros do Trilhando a História; Aleks Palitot, Reinaldo Caverna e Lawrence Pataka, pela BR 364 chegaram a localidade de Abunã, onde existem vários sítios arqueológicos e históricos, inclusive parte da estrutura da Estrada de Ferro Madeira Mamoré. O material que está sendo produzido terá o intuito de revelar uma parte da história de Rondônia desconhecida. Entre 1927 e 28, veio  a Porto Velho o escritor Modernista Mário de Continue lendo

Gravações em Candeias e Itapuã

Gravações em Candeias e Itapuã

menos de 1 minuto José Calixto, Reinaldo Caverna e Aleks Palitot Amanhã o Trilhando a História vai mostrar a todos, os dois marcos de limitação construídos por Marechal Rondon em 1912. Estes se encontram um em Porto Velho na localidade de Santo Antônio e o outro em Candeias do Jamari. As duas localidades no passado eram os limites entre os Estados do Amazonas e Mato Grosso, e regiões de muitos seringais. Além dos dois marcos, a equipe gravou em Itapuã do Oeste, onde aconteceu Continue lendo

Trilhando vai ao Marco Rondon em Candeias

Trilhando vai ao Marco Rondon em Candeias

menos de 1 minuto Leny, José Calixto, Aleks Palitot e Reinaldo Caverna No sábado passado o Trilhando a História com toda sua equipe, foi ao encontro de um marco de divisa dos Estados do Amazonas e Mato Grosso, construído pelo sertanista Marechal Rondon em 1912, o marco está escondido em meio a vegetação próximo a área urbana do município de Candeias do Jamari. O programa vai ao ar nessa terça-feira ao meio dia no Fala Rondônia na Rede TV canal 17.

Na Trilha da História

Na Trilha da História

1 minuto O Resultado das gravações do programa Trilhando a História em São Paulo no Museu Paulista, rendeu a equipe do programa, mais de duzentos e-mails parabenizando pelo trabalho de imagens, edição e matérias. Foram três programas que abordaram não somente a temática de Independência do Brasil, mas, também a relação do Museu com Rondônia, já que temos no ambiente, vários espaços destinados a relembrar a atuação dos Bandeirantes Paulistas que passaram por Rondônia no século XVII. O mais interessante foi que a equipe Continue lendo