PORTAL DO RIO MADEIRA: Para Palitot lançamento inaugura era digital

O Portal é um anseio dos organizadores em oportunizar o acesso à informações em uma plataforma digital

Realizado na noite desta segunda-feira (5), no Golden Plaza, em Porto Velho, a apresentação do Portal do Rio Madeira para o Grupo de Trabalho Pelo Patrimônio Histórico de Rondônia foi um marco em termos de inovação tecnológica para o Estado de Rondônia. O projeto que conta com a curadoria do Professor Aleks Palitot e parceria do grupo de pesquisadores é inédito em termos de informação.

O projeto, um trabalho original de compilação de informações acerca do maior afluente do Rio Amazonas foi idealizado e concebido para ser referencia para estudantes, pesquisadores e todos os interessados em conhecer com maior profundidade sua história e geografia.

Foram cerca de 15 meses, da idealização à concepção do projeto, uma solicitação da Santo Antônio Energia à Agência de Publicidade Idem Cultural, responsável pelo desenvolvimento.

“Conseguimos reunir 20 profissionais entre historiadores, turismólogos, biólogos, paleontólogos, arqueólogos, museólogos e a proposta do portal é oportunizar não apenas à Rondônia, mas ao Brasil e ao mundo, já que portal além da língua portuguesa terá versões em inglês e espanhol, levar um pouco de cultura a partir do olhar sobre o nosso Rio Madeira, esse majestoso e importante rio, o maior afluente a margem direita do Rio Amazonas”, conta Palitot.

Ao mesmo tempo o projeto relatará a história, a cultura, falará da geografia, da fauna, da arqueologia e da identidade, que está no Rio e no entorno dele. As pessoas poderão viajar em um portal interativo onde haverá constantes atualizações de grandes pesquisadores, doutores e professores.

“Tanto o turista poderá viajar quanto os cidadãos de Rondônia e alunos e professores poderão utilizar de forma pedagógica um recurso que traz esse resgate da cultura e da imagem e ao mesmo tempo da identidade e do valor do Rio Madeira”, afirma o Professor Aleks Palitot.

De acordo com Milton Bernard, diretor de criação, “Eu vim para Porto Velho inúmeras vezes para desenvolver ações tendo cada vez mais convivência com o Rio Madeira. Dessa convivência surgiu a ideia de produzir um portal, visto a importância histórica e econômica que o Madeira tem”, afirma o diretor de criação.

Milton lembra que vários foram os desafios ao longo dessa trajetória, mas conseguir informações relevantes foi o mais árduo, é onde as parcerias com o Professor Aleks Palitot e o Grupo de Trabalho se fizeram imprescindíveis.

“O resultado final nos deixa orgulhosos e mais orgulhos ainda por reunir tantos talentos, mais de 50 envolvidos, que dedicaram seu talento, empenho, entusiasmo, frustrações, erros e acertos neste projeto, o que nos deixa muito felizes”, declarou Milton Bernard.

“O portal é uma é uma grande contribuição e importante ferramenta para que nossos alunos e a população venham a conhecer a nossa história, toda contribuição nesse sentido e da maneira séria como foi feita sempre será bem-vinda”, afirma o Professor Dante Ribeiro da Fonseca.

Para o professor é importante conhecer a história uma vez que o futuro é uma abstração e o presente é algo muito fugidio. “Nós somos basicamente o passado, essencialmente o homem é passado. Você quanto pessoa é o seu passado, a sua história e nós quanto coletividade somos o nosso passado, conhecer a história é importante porque significa conhecer a nós mesmos”, afirma o pesquisador.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.