EDUCAÇÃO: Semed deverá dar respostas à Comissão

Informações sobre possíveis irregularidades mobilizam Comissão de Educação da Câmara Municipal

Realizada na manhã desta segunda-feira (19), a segunda reunião da Comissão de Educação da Câmara Municipal, presidida pelo vereador Professor Aleks Palitot e constituída pelos vereadores Luan da TV e Marcio Miranda, representado por seu chefe de gabinete Almir Poubel discutiram os encaminhamentos para esclarecimento de denúncias feitas à esta comissão.

De acordo com Palitot, “a comissão debateu vários temas pertinentes e uma grande preocupação é em relação a perda de uma verba federal do Ministério da Educação destinada a uma campanha de erradicação do analfabetismo no município de Porto Velho também estamos averiguando algumas informações sobre o transporte escolar na região de União Bandeirantes”, explica o presidente da comissão.

“São demandas que esta comissão tem o compromisso de se reunir e zelar, visando sempre o melhor serviço nesse ambiente educacional prestado para a sociedade pelo município de Porto Velho”, declara o vereador.

Esclarecimento

Durante encontro foram levantadas as questões da municipalização da Escola Nações Unidas e dos seus servidores que pertencem a esfera estadual e que pedem a renovação do convênio junto a prefeitura de Porto Velho. O Programa Brasil Alfabetizado também entrou na pauta. Foi solicitado através de oficio à Secretaria Municipal de Educação (Semed) um levantamento de quanto o município perdeu de recurso federal devido a expiração do prazo de renovação ao acordo.

A comissão solicitou ainda um levantamento do quantitativo de crianças em idade escolar residentes no projeto habitacional Orgulho do Madeira e que estão fora da sala de aula. Segundo o vereador Professo Aleks Palitot “é preciso saber se há algum planejamento de atendimento à essas crianças”.

Durante a última sessão itinerante da Câmara Municipal realizada no distrito de União Bandeirantes, Palitot conversou com lideranças locais que lhe informaram sobre as condições vivenciadas por alunos de rede municipal de ensino em relação ao transporte escolar. Segundo os pais destas crianças o ônibus que percorre as linhas possui capacidade para 40 crianças e atualmente faz o trajeto com cerca de 100 passageiros, colocando em risco os estudantes.

Merenda Escolar

Um projeto apresentado por Palitot, a lei do peixe que determina a inclusão no cardápio da merenda escolar deverá entrar em pauta, motivo pelo qual o vereador pediu aos seus pares para que eles fortalecessem o projeto e assim possa entrar em vigor o quanto antes.

Aprovados em concurso e habilitados através de cursos de formação de quarenta horas, os cuidadores da rede municipal, aguardam a convocação para a atuação na educação infantil de crianças especiais e infantil de 0 à 3 anos. A comissão cobra um posicionamento da secretária em referência a estes profissionais.

“Acredito que a reunião terá seu reflexo quando obtivermos a devolutiva do que foi questionado através dos documentos. Aguardaremos um prazo de sete dias e então marcaremos uma nova reunião para deliberarmos sobre os assuntos”, afirmou a chefe de gabinete do vereador Professor Aleks Palitot, Cesiane Camargo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.