PRÓ MORADA SUL: Comunidade comemora regularização de projeto habitacional

Tempo de leitura: 4 minutos

De acordo com o vereador Professor Aleks Palitot, se trata da dignidade dos moradores em serem reconhecidos como cidadãos de Porto Velho e respeitados como tal

Após segunda discussão e votação, a Câmara Municipal aprovou na tarde desta terça-feira (17) o projeto de Lei Nº 3.625/2017, de autoria do Executivo que renomeia o Conjunto Habitacional de Interesse Social FNHIS I e suas ruas. Popularmente conhecido como Pró Morada Sul, o conjunto é constituído em grande parte por remanescentes do Bairro Triângulo, que a cerca de cinco anos receberam o aval para ocupação do projeto construído através do Programa Federal Minha Casa Minha Vida, em parceria com a Prefeitura.

De acordo com moradores, o conjunto foi entregue ainda com diversas benfeitorias por fazer, mas devido a necessidade, agravada pela cheia de 2013, os moradores aceitaram ocupar as unidades com o acordado de que as obras seriam concluídas dentro do cronograma.

Vários anos se passaram e os moradores abandonados viram a esperança de ter um local digno para morar se esvair. Por diversas vezes, segundo relatos, eles buscaram o poder público e até mesmo representantes populares como o vereador Marcelo Reis que encabeçou a peleja na legislatura e gestão do Executivo passada em busca de uma solução para o problema.

Vereança

Procurado no início do ano por moradores do Pró Morada Sul, o vereador Aleks Palitot ouviu as demandas e se comprometeu em auxiliá-los na busca pela solução dos problemas. Como fiscal do povo esteve no conjunto onde realizou reuniões e pode ver de perto a necessidade dos moradores. Providenciou a elaboração dos pedidos de providência que foram encaminhados as respectivas secretarias solicitando em um primeiro momento a iluminação púbica do local.

Outro problema solucionado através da intercessão do vereador Aleks Palitot foi o transporte público que antes só parava na rua principal do conjunto. Foi feito o pedido para que as paradas de ônibus atendessem os moradores, na maioria pessoas idosas e famílias que possuem parentes portadores de necessidades especiais.

Após a realização deste trabalho tendo auxiliado de forma satisfatória aquela comunidade, o vereador promoveu ainda duas ações de cunho social. A primeira no dia 20 de fevereiro disponibilizou atendimento médico para os moradores, com clínico geral e pediatra onde foram feitas mais de 50 consultas de forma gratuita para a comunidade.

A segunda ação realizada no dia 12 de outubro foi alusiva ao dia das crianças e contou com distribuição de brinquedos e lanches além de toda a estrutura da rua de lazer com pula-pula, pebolim, tênis de mesa e outras brincadeiras.

Parceria

“Após muito empenho e diversas reuniões com secretários fomos atendidos em nossos pleitos, Agradeço em especial à secretária Marcia Luna da Semur, que com a comunidade promoveu todo levantamento e estudo para a elaboração do projeto de lei do Executivo dando nome as ruas e o CEP às residências dos moradores”, agradeceu Palitot.

“Quando mudamos as condições das unidades eram precárias, as casas não possuíam acabamento, tivemos que concluir a partir do básico, cinco anos depois conseguimos importantes conquistas como a iluminação pública, a limpeza do conjunto, as ações sociais e agora a conquista dos ceps, que é o reconhecimento da nossa localização que nos dá a condição de existir como cidadãos portovelhense. Muito boa a atuação do vereador Aleks Palitot ele está fazendo um bom trabalho, está sendo visto e está de parabéns, pois não são todos que possuem esse prazer em ajudar que percebemos nele”, conta Rosangela Máximo, moradora.

Segundo seu Vává, liderança da comunidade, por anos foram procurados outras pessoas que poderiam tê-los auxiliados. “Graças a Deus o vereador Professor Aleks Palitot é uma pessoa que tem somado conosco e nunca se negou a nos ajudar. Foi realmente de janeiro para cá que tivemos alguns avanços. A falta de CEP para nós eram uma grande dificuldade, pois inviabilizava até a abertura de conta bancária e agora com a aprovação dos nomes das ruas e dos CEPs teremos mais segurança para nossas vidas”, comemora.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.