RETROSPECTIVA DE MARÇO

6 de Março – Reunião com o presidente da Funcultural, Ocampo Fernandes, sobre a proteção do acervo histórico da E.F.M.M. Na ocasião, ele garantiu que já fez um plano de ação para remanejar tudo, caso o rio suba mais, pois há chances de atingir o galpão do museu. Segundo ele, na segunda feira farão mais uma vistoria junto à defesa civil. Eu vou acompanhar esses trabalhos, pois na enchente histórica de 2014 foram perdidos muitos materiais importantes de nossa história.
 

 
8 de Março – O vereador esteve nesta manhça manhã na Policlínica Ana Adelaide e constatou que houve melhoras no conserto da estrutura de banheiros – que estavam quebrados -, mas hoje vi que foi ajustado tanto o de pacientes, quanto o de servidores. Esse serviço executado pela prefeitura foi graças às denúncias que venho fazendo semanalmente com minhas fiscalizações constantes nas unidades de saúde da Capital. A população precisa e eu faço o meu papel de Vereador. Estamos de olho.

 
11 de Março – Visita ao alojamento das famílias desabrigadas pela cheia do Rio Madeira. Mesmo não estando em suas casas, estão amparados com um pouco de conforto. É muito triste estar numa situação como essa, então os poderes públicos estão tentando amenizar essa dor oferecendo o abrigo. Vamos torcer para que não dure muito tempo essa enchente, pois são familias que já não tem uma vida tão boa, imagina nessa situação. Continuarei fiscalizando para ver se todos os desabrigados estão recebendo atenção necessária.

 

 
11 de Março – Reunião da Comissão de Educação da Câmara Municipal na manhã desta segunda-feira (11), buscando soluções para o transporte escolar rural. Essa novela já está chegando ao fim. Desde o começo estou acompanhando cada capítulo. Sempre cobrando soluções junto ao MP, secretário de educação e até o prefeito. Nossos estudantes estão no prejuízo e esse cenário precisa mudar.
 
11 de Março – Sessão na Câmara Municipal. Onde teve dois projetos de leis de autoria do vereador: o projeto de lei 3726/2018, que declara como patrimônio cultural de natureza imaterial de Porto Velho, a banda de música da PM-RO, e o projeto de lei 3743/2018 que institui os bairros Baixa União, Liberdade, Mato Grosso, Nacional, Nossa Senhora das Graças, Pannair, Quilómetro 1, Rio Madeira, Santa Bárbara, Tucumanzal e Tupi como bairros históricos.
 
12 de Março – Fiscalizando a Unidade de Saúde do Santo Antônio para verificar as condições atuais da unidade. Realizei diversos pedidos de providências para a unidade em 2017, reencaminhei em 2018, e até agora nada foi resolvido em relação as goteiras, a parte elétrica, a estrutura que está cedendo, e outras problemáticas encontradas. Esses desajustes têm prejudicado muito o atendimento à população e as condições de trabalho dos servidores. Já foram encaminhados mais 12 solicitações para a prefeitura e mais uma vez nada foi resolvido. É um absurdo essa omissão. Parece jogo político porque não faço parte da bancada governista, mas o que está em jogo mesmo é a saúde daquela população.
 
18 de Março – Visita a Escola municipal Khris Damarys, onde então construindo uma quadra coberta com a emenda que solicitei ao então Dep. Estadual Léo Moraes, que atendeu prontamente o parlamentar municipal e hoje ela está sendo aplicada nessa obra. Com o empenho, foi conseguido ar condicionado, material de construção e até uma dívida adquirida na gestão passada com a receita federal nós pagamos. Hoje a escola se encontra regularizada, de acordo com o bom trabalho da direção, coordenação e pais colaboradores da escola. Vou acompanhar essa obra que tem a previsão de entrega para 60 dias. A comunidade escolar vai ficar bem feliz quando a quadra estiver pronta e suas crianças brincando nela com segurança.
 
18 de Março – Fiscalização na UPA da Zona Sul.
 
20 de Março – Reunião na Câmara Municipal, de uma reunião com os feirantes e permissionários da Capital, sobre as demandas referentes às melhorias e implantação de um local adequado e regularização para a classe.
 
22 de Março – Reuniçao com membros da comissão de cultura com a presença de artistas e produtores culturais, alem do gestor municipal da pasta de cultura, Antonio Ocampo. A classe artística expôs reinvindicações e insatisfação com o modo de operação da gestão. Vou acompanhar de perto para que essas insatisfações não tenham continuidade.
 
23 de Março – O vereador esteve reunido com os moradores do bairro Costa e Silva, precisamente da rua Imperatriz, para tratar sobre uma demanda referente as condições da via e a sinalização do local.
 
 
 
25 de Março – Acompanhado dos historiadores Beto Hebert e Kleber Lima, o sr Moisés da associação dos ex ferroviários, o superintendente estadual de Turismo Gilvan e o secretário do DER, Coronel Meirelles, foi verificado no trecho em que a litorina da E.F.M.M. vai realizar os passeios turísticos. Estamos nos esforçando para que tudo dê certo e já inicie esse projeto. Já foi espalhado pedra brita em volta dos trilhos e onde vai haver uma mini estação de embarque. Nosso gabinete vem trabalhando duro para conseguir o máximo de apoio nessa empreitada. Fico feliz em ver que mais um sonho vai se concretizar e a população vai poder usufruir.
 
25 de Março – HOMENAGEM A ORDEM DEMOLAY – Proposta em parceria com o vereador Márcio Miranda, de realizar uma moção de aplausos na Câmara Municipal, na tarde desta segunda-feira (25), homenageando os 100 anos da Ordem Demolay no mundo.

 
25 de Março – Recebendo a Dra Marina Mammany, que veio denunciar casos de envenenamento de animais em locais da cidade. Vamos apurar informações e buscar providências. É impressionante que hoje em dia ainda existam pessoas com tanta maldade em relação aos animais. Encaminhamos essa denúncia para buscar punição a quem maltrata cachorro e gatos em situação de rua. Existem leis nacionais e regionais para punir. Inclusive recentemente eu tive uma dessas leis aprovada aqui na Câmara.
 
25 de Março – Recebendo o morador da Vila Tupi, Adão, que veio repassar situações em relação às demandas do bairro, entre elas, iluminação no campinho de futebol, que serve como lugar de entretenimento de toda a comunidade.
25 de Março – Reunião com a indígena Val Karitiana, que veio relatar sobre o manifesto dos povos indígenas em relação a municipalização da Saúde. Vamos averiguar essa demanda e saber o que está acontecendo de fato.
 
26 de Março – Sessão Ordinária na Câmara Municipal e hoje temos dois projetos de autoria para serem aprovados, ambos ligados a causa animal: o projeto 3.817/2019, que celebra e incentiva, no âmbito municipal, o dia Municipal da Adoção, Proteção e Bem Estar dos animais… e o projeto 3.819/2019, que cria no município o Dia do Protetor de Animais, e o projeto 3.837/2019 que PROÍBE a prática de maus-tratos e crueldade contra os animais na capital. São dois Projetos de lei importantes para a sociedade. Uma resposta a quem ainda destrata os animais, seja abandonando ou com violência.
 
27 de Março – Reunião com os vereadores e representantes do setor empresarial de Porto Velho, PARA TRATAR sobre o projeto de Lei n° 3678/2019, que dispõe sobre a contratação de trabalhadores acima de 40 anos por empresas privadas no âmbito do município de Porto Velho. O desemprego ainda assola muitas famílias, infelizmente. Mas estamos na briga por mais oportunidades, principalmente, a quem já não tem mais idade jovial, mas tem ainda habilidade e vontade de estar no mercado de trabalho para dar sustento a sua família.
 
29 de Março – “Nesta data, pela manhã, estivemos mais uma vez no bairro Costa e Silva, mais precisamente na rua Imperatriz, onde há uma demanda de sinalização de trânsito perto da escola, pois muitas crianças e estudantes transitam ali. Fui atendido pelo Coronel Nilton Gonçalves Kisner, titular da pasta de trânsito do executivo e fizemos uma reunião na casa do dona Fátima. Uma equipe da Semtran nos acompanhou, fez a metragem das ruas e em breve vai haver sinalização mais efetiva como faixas de pedestres e placas sinalizadoras. Agradeço ao empenho do secretário. A segurança das crianças tem que ser sempre uma prioridade, não só no bairro Costa e Silva, mas em todos os entornos de escolas aqui na Capital”.
 
29 de Março – Reunião com o Deputado Léo Moraes tratando de políticas públicas para Porto Velho.
 
30 de Março – Na Vila Princesa onde participei da entrega de kits escolares do Projeto Adote um Aluno, promovido pela Associação do Projeto Aprender a Ser, uma ação que nasceu na faculdade e levou o ensino científico para uma das comunidades mais necessitadas de nossa capital e com o menor índice de IDEB. Um projeto que realmente tem feito a diferença é do qual me sinto bem em poder ser um colaborador.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.