ALEKS PALITOT: Projeto atende comunidades da Zona Leste

Mais do que assistencialismo, projeto “Tarde da Alegria”, idealizado pelo vereador Professor Aleks Palitot busca integração social

Em sua quarta e quinta edição, o Projeto Tarde da Alegria levou lazer, entretenimento e cultura para crianças do Conjunto Residencial Porto Belo II e IV, na Zona Leste da capital. As ações realizadas nos dias 25 de maio e 08 de junho atenderam em média 350 crianças com atividades lúdico-pedagógicas, apresentações culturais, cortes de cabelo e maquiagem.

“Mais uma ação em parceria com o nosso gabinete, colaboradores e instituições, trazendo o projeto para a Zona Leste da Capital em atendimento aos moradores do Porto Belo. Não apenas brincadeiras recreativas, mas atividades de dança, de desenvolvimento do cognitivo com pinturas e desenho, jogos, pula-pula, além de outras atividades que compõem o mix de serviços oferecidos a comunidade”, explica o vereador.

Para Palitot “não se trata apenas de assistencialismo, mas de conseguir entrar nas comunidades, para que mais próximos se possa observar as reais necessidades e como vereador trabalhar para melhorar a qualidade de vida da população, este é o nosso papel”, afirma o professor.

Síndica do Porto Belo II, Vera Macedo, conta que esta é a primeira ação realizada no conjunto. “Achamos maravilhoso esse projeto. São em média 200 crianças em nosso condomínio, mas como as crianças ao redor também são convidadas e por ser ofertado sem nenhum custa para os pais, elas participam, dando uma média de 350 crianças nessas ações. Além das brincadeiras ainda tem o lanche oferecido, é uma grande festa mesmo”.

Através de parceria a sindica relata que são oferecidas gratuitamente para as crianças a partir dos três anos aulas de balé, karatê, capoeira, vôlei e futebol. “O começo sempre é difícil, mas com o vereador foi legal que ele já trouxe o projeto pronto e aqui precisamos de pessoas que sejam por nós”, conta.

“Sabemos do estigma sofrido pelos moradores do Minha Casa Minha Vida. A sociedade olha e rotula, é vagabundo, pobres, não presta e nosso trabalho é justamente mostrar que a pessoa por ser pobre não são bandidas, que elas possuem seu valor e que aqui moram pessoas de bem”, assegura Vera.

“As mães com a mente ocupada, as crianças com a mente ocupada não vão querer fazer nada de errado e agora conhecendo o Professor Aleks Palitot através desse projeto, nos sentimos agraciados. Já estamos trabalhando para os próximos eventos como a apresentação do Balé Estrelinha, apadrinhado pelo nosso vereador”, relata a síndica.

Para Nilcélia Scheifele, síndica do porto Belo IV, o projeto deve ser realizado mais vezes no residenciais Porto Belo e nos demais do Minha Casa Minha Vida. O vereador Aleks Palitot está de parabéns. “Damos muitas boas vindas ao projeto, esperamos ser agraciados novamente ”.

“Estou feliz em ver nossas crianças felizes. Não conseguimos fazer nada sozinhos, é preciso a parceria e essa é a nossa maior dificuldade, achar parceiros que olhem por nós a não queiram apenas se beneficiar”, afirma a moradora.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.