Conselho Municipal de Saúde realiza reunião para verificar vacinações

Tempo de leitura: 2 minutos

Realizada na manhã desta sexta-feira (29), através da plataforma Google Meet, a Reunião Extraordinária do Conselho Municipal de Saúde de Porto Velho (CMSPV), contou com a participação do Ministério Público, Secretários de Saúde, (Estado/Município), representantes de classe e do Assessor do Gabinete do Vereador Aleks Palitot, Marklin Cantanhede.

Convocada pelo Presidente do Conselho, Emílio Theodoro Filho, a reunião tinha como pauta discutir o colapso das unidades de saúde de Porto Velho e as alterações no Plano Municipal de Vacinação Contra o Covid-19. Segundo informações haveria falta de transparência nos dados o que teria aborrecido os profissionais que estão na linha de frente e que diariamente estão expostos a riscos.

Segundo informações repassadas durante a reunião, 18.480 pessoas foram vacinadas no município. Destas, 9.000 são trabalhadores da saúde que atuam na linha de frente, 9.000 doses foram destinadas a idosos acima de 75 anos, 480 doses para indígenas e idosos com 60 anos ou mais que moram em abrigos.

De acordo com dados oficiais divulgados no site da Semusa, até o dia 26, 1.602 profissionais haviam sido vacinados. Durante a reunião a Secretária Municipal afirmou que foi realizada uma denúncia sobre o quantitativo excedente para unidades de saúde.

Para a Promotora Flavia Shimizu Mazzini, “a discussão de quem está na lista e quem já foi vacinado é inócua agora. Caberá ao Ministério Público verificar e punir administrativamente quem foi inserido de forma extraordinária neste cronograma” afirmou a Promotora.

“ O vereador tem acompanhado as Unidades de Saúde junto com a sua assessoria e verificado algumas demandas. Estivemos na última semana na UPA Sul, e parabenizo a gestora pelo trabalho realizado. É visível o sacrifício da equipe em prol da população”, relata Marklin.

“Durante esta visita fomos indagados por uma agente de limpeza e também um vigilante, ambos prestadores de serviço, mas que atuam na linha de frente do combate a pandemia”, pontuou o Assessor Técnico do Gabinete do Vereador Professor Aleks Palitot.

De acordo com o Presidente do Conselho Emílio Theodoro, os objetivos específicos afirmam que a prioridade é a vacinação dos grupos dos trabalhadores de saúde, diretiva que o Conselho ressalta como medida a ser seguidas em todos os âmbitos, Federal, Estaduais e Municipais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.