ZONAS PERIFÉRICAS: Palitot envia equipes para levantar demandas em bairros

Zonas Norte, Leste e Sul recebem visita de assessores que verificam necessidades dos munícipes e comunidades

Semana de intensa atividade para o Professor Aleks Palitot e sua equipe, que vem atuando de forma constante junto à população. Durante a semana, dos dias 18 à 23 de fevereiro, mais de cinquenta pedidos de providência foram encaminhados as respectivas secretarias em atendimento as comunidades das Zonas Periféricas da capital.

De acordo com o Professor Aleks Palitot os assessores de bairro são os olhos e ouvidos do vereador, a demanda é tão grande que é necessário ampliar seu grau de atuação nos bairros e o assessor é uma peça fundamental numa tentativa de promover uma abertura de atendimento, ouvindo e percebendo as demandas, as dificuldades da população.

“Eles acabam se dedicando de tal forma a tentar resolver os problemas dos munícipes de nossa cidade fazendo os pedidos de providencia, acompanhando a execução desses pedidos, levando a demanda para o vereador e o vereador retornando a essas comunidades juntamente com seus assessores em busca de soluções cabíveis para cada problema, para cada lugar”, explica Palitot.

População

Tiago Moreira, morador há 20 anos da Rua Antônio Maria Valença, entre Daniela e Andreia, no Bairro Aponiã, Zona Norte de Porto Velho conta que a sua comunidade atualmente sofre com o abandono do poder público.

“Essa rua era asfaltada até uns quatro anos atrás e com o tempo cresceram os buracos e hoje está desse jeito. São vários buracos que de tanto crescerem viraram uma grande cratera dificultando a vida dos moradores dessa rua. A prefeitura nem mesmo o serviço paliativo vem fazer”, conta o munícipe. “Se fosse possível tampar esses buraco para deixar próximo do que era antigamente, uma rua”, brinca.

Sobre a vereança do Professor Aleks Palitot, Tiago afirma “vejo que ele é um político atuante e visita vários bairros na cidade. Pelo facebook entramos em contato, ele respondeu enviando uma equipe e inclusive agradeço por ele mandar alguém para ao menos mostrar a nossa realidade aqui”, afirma Tiago.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.